faixa 2.png

Geriatria

Também para os mais jovens

Geriatria é o ramo da medicina que foca o estudo, a prevenção e o tratamento de doenças e da incapacidade em idades avançadas. O termo deve ser distinto de gerontologia, que é o estudo do envelhecimento em si.
 

Geriatras são médicos especializados no cuidado com o idoso e têm a sua formação variável em diferentes países, mas geralmente esta passa por uma formação generalista (medicina interna ou clínica médica, medicina de família, etc.) e a seguir são treinados nos aspectos específicos da saúde do idoso.

Como conseguir um envelhecimento saudável

1) Processo oxidativo: a produção de radicais livres em excesso com uma baixa produção de antioxidantes leva a um aumento do stress oxidativo que pode lesionar células e posteriormente tecidos sendo responsável em grande parte pelo aparecimento de doenças degenerativas e câncer.

 

2) Diminuir o processo de sarcopenia: resulta na diminuição do tecido muscular comum no idoso e que corresponde a dificuldade de deambulação e diminuição da energia tão comum no idoso.

3) Controlar a taxa de açúcar e colesterol: Doses altas de açúcar sanguíneo podem levar a desenvolvimento de diabetes tipo 2 com todas as suas consequências e limitações. Altas doses de colesterol e triglicérides podem causar doenças ateromatosas que são responsáveis por hipertensão arterial, infarto agudo do miocárdio e derrames cerebrais.

 

4) Melhorar e proteger a função hepática: O fígado é um dos órgãos mais importantes do nosso organismo sendo responsável entre outras coisas pelo processo de metabolismo e pela desintoxicação do organismo.

 

5) Combater a inflamação crônica: causada principalmente pelo aumento da gordura abdominal, que acaba sendo responsável também pelo aparecimento e perpetuação de patologias como diabetes, doenças autoimunes, câncer, doenças ateromatosas, entre outras. O tecido adiposo visceral produz substancias inflamatórias que atuam neste sentido.

 

6) Melhorar a resposta imunológica 

 

7) Controlar o grau de stress.

 

8) Restaurar o equilíbrio hormonal: As pausas das glândulas que acontecem com o envelhecimento, diminuem a produção hormonal desequilibrando todo o organismo. Hoje existem trabalhos científicos mostrando os benefícios da suplementação hormonal no processo de envelhecimento. As pausa hormonais ocorrem na tireóide (tireiodeopausa), na adrenal (adrenopausa), na diminuição na produção de GH, hormônio do crescimento (somatopausa), na diminuição na produção dos hormônios femininos, estrógeno e progesterona, tão conhecida como menopausa, na diminuição na produção de testosterona no homem (andropausa), na diminuição na produção de melatonina (melatopausa).

9) Proteger a função cerebral, visando diminuir ou retardar os processos de demência senil.

faixa 3.png

Profissionais da Vie!

23.png

Dr. Zied Rasslan

CRM: 58.942

(19 Avaliações)

Clínica Geral - Geriatria - Cardiologia

Consulta presencial ou por videochamada

Valor de consulta: R$ 650,00